/Campanha Travessia Sonora

Campanha Travessia Sonora

Ciclista Consciente respeita o sinal sonoro

Hoje, colocamos nossa Bike na Pista em parceria com o site Magrelas Cariocas e a organização Transporte Ativo para apoiarmos a CET-Rio em uma campanha educativa em frente ao Instituto Benjamin Constant na Urca.

Abordagem CETRIO Campanha Travessia SonoraA ação organizada pela Prefeitura através da CET-Rio contou com o apoio de alguns ciclistas como a Luciene Soares, Priscila Brum da Brum Arquitetura e também o Luís Antônio da página Pedal FDS e Feriados. Tendo início às 8 da manhã abordando mais de 100 ciclistas ofertando o CTB – Código de Trânsito Brasileiro, conversando sobre a necessidade de respeitar a travessia sonora e principalmente, alertando sobre o artigo 252 do código que proíbe o uso de fones de ouvido ou celular enquanto conduzimos a bicicleta.

Luiz Antônio e esposa Campanha travessia sonora bike na pista
Pedal FDS e Feriados

O Sinal com boteira foi instalado em frente ao instituto com botoeiras para que os deficientes acionem sempre que precisarem atravessar as pistas com segurança respeitando o aviso sonoro. O problema é que alguns ciclistas e corredores, usam fone de ouvido e não percebem o som do sinal e acaba, provocando alguns acidentes. Além disso, alguns ciclistas e atletas da região, esquecem que a bicicleta não emite som, o que dificulta a percepção dos frequentadores do Instituto (em maioria deficientes visuais) e acabam provocando acidentes conforme as reclamações que recebemos na região.

Campanha Travessia SonoraDurante a campanha, conversamos com o usuário do sinal na região. O Tales, nos disse que esse tipo de sinal dá muita autonomia para eles na cidade e por isso acha importante termos mais sinais desse tipo.

Eles precisam se reeducar para adaptar a nossa situação também assim como já fazem com motos e com carros” Tales – frequentador do Instituto Benjamin Constant

Tales Campanha Travessia Sonora Bike na Pista
Tales, frequentador do Instituto

Ele nos disse também que já foi vítima duas vezes de acidentes na região e tomou susto por causa da bicicleta. Foi alertado que o problema acontece com os atletas que correm na ciclovia.